Encontro Regional Sul de Trans vai discutir ‘Direitos Humanos e Cidadania é garantia de saúde mental’

Quarenta e cinco travestis e transexuais ativistas – incluindo a militante argentina Lohana Berkins – e mais 105 profissionais da Saúde, Segurança Pública, Educação e Assistência Social vão participar entre os dias 24 a 27 de outubro do 10º Encontro Regional Sul de Travestis e Transexuais, em Florianópolis, Santa Catarina. Ainda sem local definido, o tema desta edição é “Direitos Humanos e Cidadania são princípios e garantia de Saúde Mental”.
X encontro reginal trans

De acordo com as organizadoras Kelly Vieira Meira e Fabrizia de Souza Felipe, da ADEH [Associação em Defesa dos Direitos Humanos com Enfoque na Sexualidade], o objetivo é discutir uma resposta aos princípios de universalidade e integralidade da pasta de Política Pública e Saúde integral LGBT e a problematização do processo transexualizador do SUS, no Sul. “Por muitos anos, tais demandas vêm sendo reivindicadas sem encontrarem mecanismos formais para que se efetivem no cotidiano”, informam.

A programação será multiparticipativa e visa conscientizar as demandas, expectativas e respostas vigentes referentes às áreas, promovendo um compromisso conjunto entre o governo e a sociedade civil.

Além dos debates e reflexões, também será exibido o filme Kátia [2012], sobre a história da piauiense Kátia Tapety, a primeira travesti a ocupar um cargo político no Brasil e que fará parte do encontro, bem como a ativista gaúcha Lirous K’yo Fonseca, do Trans em Debate, que estuda Serviço Social e é membro do ADEH.

A trans argentina Lohana Berkins – presidenta da Associação de Luta pela Identidade Trans – vai estar presente para debater a realidade do país, apresentar um modelo de política – e de lei! – nas questões de gênero e identidade de gênero que ocorre na Argentina.

Ficou interessad@? Pois clique aqui, baixe e preencha a ficha de inscrição e envie para atendimento.adeh@gmail.com. Pessoas de outras localidades terão direito a estadia e alimentação.

Fonte: Neto Lucon

X Encontro Regional Sul de Travestis e Transexuais: 24 a 27 de outubro de 2013

X Encontro Regional Sul de Travestis e Transexuais:
Direitos Humanos e Cidadania são princípios e garantia de Saúde Mental

24 a 27 de outubro de 2013 em Florianópolis/SC.

Informações gerais: 

Tema: Direitos Humanos e Cidadania são princípios e garantia de Saúde Mental
Período:  Dias 24 a 27 de outubro de 2013
Local: Florianópolis/SC
Número de Participantes: 150

Comissão Organizadora
ADEDH – Associação em Defesa dos Direitos Humanos com Enfoque na Sexualidade.

Apoio
Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado de Santa Catarina – DIVE, Departamento de Apoio à Gestão Estratégica e Participativa – DAGEP, Departamento de DST/AIDS e HV/MS, Coordenação de DST/AIDS e HV do estado do Rio Grande do Sul e Coordenação de DST/AIDS e HV do estado do Paraná.

Parceiros:
Núcleo MARGENS/UFSC – Modos de Vida, Família e Relações de Gênero e OAB/SC – Ordem dos Advogados do Brasil de Santa Catarina.

Apresentação
O “X Encontro Regional” permitirá potencializar acordos e convergências entre gestores de áreas fundamentais do Poder Púbico e a população de travestis e transexuais, por meio de suas representações da Sociedade Civil Organizada, para resposta social e institucional aos pleitos historicamente demandados por esse segmento no País. Tal demanda implica em compromisso com a excelência por parte de todos os setores sensibilizados e conclamados para a sua realização, e a ADEDH assume publicamente esse compromisso ofertando sua expertise na qualificação e execução de propostas que  contribuam ao incremento da incidência política e na melhor articulação entre setores do Poder Público, fundamentais para ofertar a desejada concretude nos compromissos firmados junto à população, conforme histórico já consagrado e reconhecido pelo Poder Público do Estado de Santa Catarina.

Isto posto, a ADEDH propõe a realização do “X Encontro Regional” com previsão de 150 (cento e cinquenta) participantes, sendo 45 (quarenta e cinco) travestis e transexuais ativistas, e 105 (cento e cinco) profissionais oriundos de quatro áreas da gestão pública: Saúde, Segurança Pública, Educação e Assistência Social.

Objetivo:
Consolidar uma programação multiparticipativa que propicie a oferta de demandas, expectativas e respostas vigentes referentes a cada uma das áreas elencadas, transversalizando seu enfoque para a convergência de consenso e compromisso conjunto, entre governo e sociedade civil, na definição e implementação de agenda intersetorial eficiente, efetiva e eficaz frente às necessidades ainda desassistidas de travestis e transexuais.

Inscrições:
Serão participantes do evento: Ts e profissionais da Saúde, Educação, Segurança Pública e Assistencia Social dos estados da região Sul do Brasil. Alimentação e hospedagem serão custeadas, assim como o transporte de participantes dos estados do Paraná e Rio Grande do Sul.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 8 de outubro. Esta ficha (Clique Aqui: Ficha de Inscrição X Encontro) deverá ser preenchida em sua íntegra e enviada ao e-mail: atendimento.adeh@gmail.com.

Mais informações:
E-mail: atendimento.adeh@gmail.com
ADEH: (48) 3371-0317
Kelly: (48) 8438-7743
Rafaela: (48) 8463-7978

Cine D: Cidade dos Sonhos – 21/08/2013

No Cine D dessa semana, será exibido o filme Cidade dos Sonhos (Mulholland Drive), de David Lynch (2001).

Quando: Quarta, 21 de agosto
Horário: 19h
Local: Sede da ADEH
Entrada franca

cine DSinopse: Um acidente automobilístico na estrada Mulholland Drive, em Los Angeles, dá início a uma complexa trama que envolve diversos personagens. Rita (Laura Harring) escapa da colisão, mas perde a memória e sai do local rastejando para se esconder em um edifício residencial que é administrado por Coco (Ann Miller). É nesse mesmo prédio que vai morar Betty (Naomi Watts), uma aspirante a atriz recém-chegada à cidade que conhece Rita e tenta ajudar a nova amiga a descobrir sua identidade. Em outra parte da cidade o cineasta Adam Kesher (Justin Theroux), após ser espancado pelo amante da esposa, é roubado pelos sinistros irmãos Castigliane.

Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/530243313707473/

ADEH receberá prêmio da União Brasileira de Mulheres

Nós, da ADEH – Associação em Defesa dos Direitos Humanos com Enfoque na Sexualidade temos a honra de anunciar que receberemos um prêmio da UBM – União Brasileira de Mulheres, devido às ações no campo do combate à violência contra as mulheres no Brasil.

A solenidade será amanhã, 06 de agosto, às 19h, na Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Rua Doutor Jorge Luz Fontes, 310, Florianópolis-SC).

Site da UBM: Clique aqui.

 

Cine D inaugura sessão nas quartas

O CineD inaugura neste mês de agosto sessões noturnas com um convidado nas quartas-feiras, às 19 horas, alternadas com as sessões nas segundas, às 12h30. A programação do mês será dedicada à temática da homossexualidade feminina.

Na primeira quarta, 7 de agosto, 19h, será exibido Je Tu, Il, Ella (Eu, você, ele, ela), da cineasta belga Chantal Akerman. A convidada para a sessão é a doutora em história, e especialista em cinema realizado por mulheres, Ana Maria Veiga.

Com um enredo ousado e minimalista, “Eu, você, ele, ela” é o filme mais erótico de Akerman. A diretora e atriz interpreta uma jovem mulher sem nome e sem raízes que embarca em uma viagem. Em seu caminho, casos de amor com um motorista de caminhão e uma ex-namorada.

Na quarta do dia 21 de agosto, às 19h, será exibido Cidade dos sonhos, de David Linch. A convidada é a cineasta e presidente do Fundo Municipal de Cinema de Florianópolis (Funcine), Cláudia Cárdenas.

Nas duas sessões de segundas-feiras, às 12h30, dias 12 e 26 de agosto, serão exibidos o documentário brasileiro Sou Mulher, Sou Brasileira, sou Lésbica, de Wagner Almeida, eInfâmia, de Willian Willer, com Audrey Hepburn, Shirley MacLaine.

O CineD é uma iniciativa da ADEH, com sessões nas segundas-feiras e com o patrocínio do Fundo Municipal de Cinema de Florianópolis (Funcine) e da Prefeitura Municipal de Florianópolis.

cine D

O Quê: Exibição de Je Tu, Il, Ella (Eu, você, ele, ela), de Chantal Akerman
Quando: Quarta-feira, 07/08, às 19h
Onde: Associação de Direitos Humanos (Rua Trajano, 168, 3° andar – Centro)
Quanto: Gratuito

Texto de: Rodrigo Schmitt
Fonte: Floripa Cult

Sobre a exibição do filme “Kátia”

Ontem (24 de junho), houve o lançamento do documentário “Kátia”, de Karla Holanda, na ADEH. Apesar do frio e da chuva, a curiosidade circulou pela instituição, enquanto queríamos saber: mas, quem é Kátia Tapety?

katia 2

A sessão da manhã foi mais acanhada. Porém, à noite, cerca de 25 pessoas estavam na ADEH para assistir ao filme. Após, houve a roda de conversa característica das Segundas Transtornadas, na qual foram abordados alguns temas referentes ao documentário, à vida de Kátia e impressões das mais diversas.

A realidade do sertão do Piauí; os jogos de força da política interiorana entrelaçados pela presença de certas famílias; a capacidade criativa de Kátia, que era agente de saúde, “arrancadora de dentes”, vereadora, mãe, cuidadora, criadora de animais. Além disso, o posicionamento político LGBT, os encontros, as discussões, as possibilidades de as T’s terem mais possibilidades de caminhos.

katia

Enfim, a simplicidade de Kátia que toca a todos nós na nossa própria simplicidade. O filme foi uma experiencia interessante e profunda, por vezes cômica, de modos de vida desse Brasil tão imenso, que nos permitiu sentir um pouco dessa imensidão de vidas do Piauí, de Kátia.

Texto de Maria Luiza Rovaris Cidade

Lançamento catarinense do documentário “Kátia”

Na próxima segunda, dia 24 de junho, haverá o lançamento catarinense do documentário “Kátia“, dirigido por Karla Holanda, no Floripa Cine D. O lançamento será na sede da ADEH, nos horários de 12h30 e 19h.

katia-tapety

O filme retrara a vida de Kátia Tapety, nascida numa pequena cidade de 8 mil habitantes no sertão do Piauí. Kátia tornou-se a primeira travesti a ser eleita a um cargo político no Brasil. O lançamento nacional do filme foi na última semana e a ADEH, em parceria com o Funcine, orgulhosamente traz o documentario para ser exibido em SC.

katia simples

Veja o trailer: