NOTA DE REPÚDIO

A ADEH – Associação em Defesa dos Direitos Humanos com Enfoque na Sexualidade anuncia seu repúdio à aprovação da suspensão da Resolução 01/1999 do Conselho Federal de Psicologia, por parte da Comissão dos Direitos Humanos da Câmara. Consideramos que tal ação, mais conhecida como “Cura Gay“, é uma afronta aos movimentos sociais e à sociedade civil, que há décadas lutam pela garantia de direitos e por uma transformação social que também paute as questões referentes às sexualidades e as diversas formas de ser e estar no mundo.

Citando a resolução do CFP, que considera que “a forma como cada um vive sua sexualidade faz parte da identidade do sujeito, a qual deve ser compreendida na sua
totalidade” e que “a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão”, repudiamos a Comissão dos Direitos Humanos e a figura de Marcos Feliciano, presidente da Comissão, ao levarem para frente tamanho retrocesso.

Esperamos que a Corte Interamericana de Direitos Humanos intervenha nessa situação, devido às questões referentes à apologia ao ódio e ao desrespeito da dignidade humana. Além disso, relacionamos essa aprovação a uma contradição explícita no campo da saúde e da ciência, que retira as diversidades de orientação sexual e identidades de gênero, desde 1990, do campo marcado pela ideia de “doença” de diversas organizações científicas, dentre elas a  Organização Mundial da Saúde.

Conheça a Resolução 01/99 do Conselho Federal de Psicologia:Clique Aqui.

Imagem

Cine D – 10 de junho

Para o mês de junho, o Floripa Cine D prepara uma programação de filmes que tratem das lutas políticas do movimento LGBT. No dia 28 de junho, celebra-se o Dia do Orgulho de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, marcando o início do movimento moderno em prol da liberdade de expressão e igualdade de direitos, em referencia aos ocorridos na cidade de Nova York.

Próxima exibição: Meu amigo Claudia (Brasil, 85min)
Data: 10 de junho, às 12h30 e 19h
Local: Sede da ADEH

Atividade gratuita e aberta!

Cine D

Conselho da Mulher tem palestra sobre população LGBT

O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (COMDIM) promoveu na tarde desta sexta-feira, dia 17, uma palestra sobre “Saúde Mental e a População LGBT” no prédio da Secretaria Municipal de Assistência Social.

O evento contou com a presença do vereador Tiago Silva e das palestrantes Carmen Lúcia Luiz, enfermeira atuante na rede pública de saúde há mais de 25 anos, Maria Juracy Toneli, psicóloga do núcleo do “Modos de vida, família e relações de gênero – MARGENS”, Gabriela Diaz do MARGENS e Associação em Defesa dos Direitos Humanos (ADEH), Alana Grando Rauen, Coordenadora Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres e representantes da Secretaria da Saúde.

Para Kelly Vieira, presidente da Associação em Defesa dos Direitos Humanos (ADEH), “esses encontros ajudam a perceber e discutir sobre as necessidades deste público. Além de nortear estratégias para uma melhor qualidade de vida, principalmente na área da saúde”, disse.

O evento aconteceu pelo “Dia Nacional de Combate à Homofobia” (17 de maio). Atividades como mostra de filmes e audiência pública aconteceram durante a semana, hoje a palestra fecha o ciclo de programações.

Imagem